[O processo de candidaturas está aberto em permanência. Saiba mais em CANDIDATURAS]

Curso de  Doutoramento em Estudos de Cultura.  Este curso de Doutoramento pretende explorar as várias relações dos signos no âmbito de sistemas de comunicação humanos, incluídos em dinâmicas e contextos culturais complexos, o que permite aos estudantes desenvolver perspetivas críticas sobre múltiplos fenómenos sociais. 

Profª. Doutora Adelaide Meira Serras

Prof. Doutor Nelson Pinheiro

informações: nelsonpinheiro@campus.ul.pt 

Grau Académico: Doutor

Duração: 3 anos letivos (6 semestres). O primeiro ano letivo é escolar com unidades curriculares de contacto presencial.

Créditos: 180 ECTS

Investimento: 2750 euros para o primeiro ano letivo; 1500 euros para o segundo e restantes anos letivos.

Horário: Tendo em conta as diversas componentes tutoriais e de seminário, as atividades do curso poderão ter lugar tanto em horário laboral, como pós-laboral.

Calendário: O curso tem início, por norma, em  Setembro, até Junho. Os interessados podem candidatar-se para ingresso no curso no final de Janeiro.

Candidaturas

A candidatura tem lugar online. O processo de candidaturas está aberto em permanência com duas fases específicas de ingresso. Veja todas as instruções e dados nesta ligação.

» Resultados das Candidaturas para ingresso em Janeiro de 2020.

 

INVESTIMENTO (2018-19):

2750€ – 1.º ano curricular;

1500€ – 2.º ano curricular e seguintes.

Candidatos Internacionais: confirmar o valor de propina no Website da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Horários Provisórios 2020-2021. [EM ATUALIZAÇÃO]

Tópicos em Estudos de Cultura I – 1º Semestre / Sexta-feira (17h às 20h).

Tópicos em Estudos de Cultura II – 2º semestre / Quarta-feira (14h às 17h).

Leituras Orientadas I e II – horário a combinar com o docente.

Temas de Teses em Curso no ano letivo 2019-20

Análise Cultural de Discursos Mediáticos; Indústrias e Culturas Criativas em Lisboa; Análise Multimodal Fílmica; Economia da Cultura; Tendências Socioculturais e Branding; Semiótica da Street Art; Discursos Imagéticos Políticos; Cultura e a Vida Contemplativa; Semiótica da Comensalidade; Tendências Socioculturais e Tecnologia; Cultura e Regime Totalitários.

Objetivos:

O Curso de Doutoramento em Estudos de Cultura pretende, por um lado, através de uma sólida investigação teórica, dotar o estudante de dispositivos de compreensão sistemática e de métodos de investigação no domínio amplo do que, em termos internacionais, se designa por ciências da cultura e estudos culturais. Por outro lado, o Doutoramento pretende contribuir para a adequação destes estudos a uma realidade sociocultural em constante mudança, estabelecendo um amplo diálogo transdisciplinar entre as áreas tradicionais das ciências sociais e das humanidades e estimulando, ao mesmo tempo, o conhecimento e estudo de novas áreas. Particularmente relevantes são os cruzamentos científicos entre comunicação, filosofia, sociologia cultural, ciências da linguagem, história, gestão cultural, estudos dos média, indústrias criativas, políticas culturais. O curso cobre, assim, uma área com interesse social e cultural diversificada, apresentando também uma pluralidade de perspetivas metodológicas e científicas.

Finalmente, o Curso de Doutoramento em Estudos de Cultura visa compreender tendências contemporâneas e clássicas de existência social, tendo em vista desenvolver competências profissionais no âmbito dos múltiplos discursos que se cruzam no mundo.

Linhas de Investigação Temáticas

O projeto de investigação doutoral com que o aluno se candidata ao curso de doutoramento deve incidir numa das seguintes linhas temáticas, ou numa articulação entre duas, de forma a assegurar um trabalho imersivo na investigação em desenvolvimento pelos docentes e pelo Programa:

Cidades e Cultura Visual

Comunicação e Discursos

Discurso e Literacia: matrizes, práticas, tendências

Gestão de Tendências e da Cultura (candidaturas encerradas)

Matrizes e Teorias da Cultura

Não obstante as presentes linhas, a comissão científica do curso está aberta a receber e a apreciar propostas inovadoras sobre a abertura de novos campos disciplinares ou sobre a problematização de temáticas que se revistam de grande interesse científico e societal.

O candidato interessado deve entrar em contato com a direção do Doutoramento em Estudos de Cultura antes de submeter a sua candidatura.

Plano de Estudos

Unidade Curricular / Curricular UnitÁrea Científica / Scientific AreaDuração / DurationHoras de Trabalho / Work hoursHoras de contacto / Contact hoursECTSObservações / Observations
Tópicos em Estudos de Cultura I: Teorias da Cultura / Topics in Culture Studies I: Culture TheoriesHUM1º Ano (1º Semestre) / 1st Year (1st Semester).336S 45;
OT 15
12Obrigatória / Mandatory //
Adelaide Meiras Serras
Tópicos em Estudos de Cultura II: Artes e Cultura / Topics em Culture Studies II: Arts and Culture. HUM1º Ano (1º Semestre) / 1st Year (1st Semester).336 S 45;
OT 15
12 Obrigatória / Mandatory //
Fernanda Gil costa
Opção Livre / OptionHUM1º Ano (1º ou 2º Semestre) / 1st Year (1st or 2nd Semester).336 S 45;
OT 15
12 Opção Livre / Option
Leituras Orientadas I e II / Guided Readings I and IIHUM1º Ano (1º e 2º Semestres) / 1st Year (1st and 2nd Semesters).336 OT 60 12+12Créditos a obter no 1º e 2º semestres / Credits to be obtained in the 1st and 2nd semesters.
Nelson Pinheiro Gomes e Adelaide Meira Serras (com os respetivos orientadores de cada doutorando).
(Defesa do) Projeto de Tese / Thesis Project (defense)HUM2º Ano / 2nd Year420 OT 15153º semestre / 3rd semester
Seminário de Orientação / Supervision SeminarHUM2º Ano / 2nd Year420OT 15154º semestre / 4th semester
Tese / ThesisHUM2º e 3º Ano / 2nd and 3rd Years2520 OT 30 903º, 4º, 5º e 6º semestres / 3rd, 4th, 5th, 6th semesters.

Programas

Unidade Curricular: Tópicos em Estudos de Cultura I

Temática 2020-21: Teorias da Cultura

Docentes: Adelaide Meira Serras

Semestre/Créditos: 1º Semestre, 12 ECTS. 

Os seminários de Tópicos em Estudos de Cultura introduzem temas e métodos avançados, emergentes e inovadores no âmbito da análise cultural e do estudo das várias dinâmicas e processos que impactam o terreno sociocultural. Estes seminários presenciais permitem a discussão de conceitos, ideias, métodos e teorias e o consequente domínio avançado do quadro conceptual-metodológico necessário para o desenvolvimento da investigação. 

 

Programa 2020-21: 

This course aims to develop the study of the theories in the field of cultures and their respective dynamics, namely studies of culture, cultural studies and history of ideas. The divide between sciences and humanities will be explored framed by twenty-first century technological advances and their social, environmental and political impact. Topics such as the interactions between cultural tradition and negotiation within the diversity of cultures, namely in the sphere of the visual representations, will be approached. Diachronic and synchronic perspectives will also be assessed in connection to the notions of place and mobility. Topics: 1. The concept of culture: exploratory approach 1.1. Studies of culture – high culture; cultural studies – the sociological bias 1.2. History of ideas/ intellectual history 1.3. Culture and ideology 2. Cultural representations 2.1. Culture and art. 3. Cultures, spaces and mobility. 3.1. Culture and city. 3.1.1. Public urban space – virtual space 4. Local/ global culture.

Bibliografia recomendada:

Berlin, Isaiah (1998). The Proper Study of Mankind. An Anthology of Essays. Ed. Henry Hardy & Roger Hausheer. With a foreword by Noel Annan & introduction by Roger Hausheer.London: Pimlico.

Eagleton, Terry (2000). The Idea of Culture. Oxford: Blackwell. Eliot, T.S. (1948/1973). Notes towards the Definition of Culture. London: Faber& Faber.

Hobsbawm, Eric (2013). Fractured Times. Culture and Society in the Twentieth Century. London: Little, Brown.

Steiner, George (2004) The Idea of Europe. Nexus Library, volume IV. Introduction Rob Riemen. Tilburg: Nexus Instituut

Unidade Curricular: Tópicos em Estudos de Cultura II

Temática 2020-21: A indicar 

Docente: A indicar

Semestre/Créditos: 1º Semestre, 12 ECTS. 

Os seminários de Tópicos em Estudos de Cultura introduzem temas e métodos avançados, emergentes e inovadores no âmbito da análise cultural e do estudo das várias dinâmicas e processos que impactam o terreno sociocultural. Estes seminários presenciais permitem a discussão de conceitos, ideias, métodos e teorias e o consequente domínio avançado do quadro conceptual-metodológico necessário para o desenvolvimento da investigação. 

Programa 2020-21: 

A indicar

Unidade Curricular: Leituras Orientadas I

Semestre/Créditos: 1º Semestre, 12 ECTS.

A UC de Leituras Orientadas I apoia o estudante na exigente e profunda revisão literária dos autores canónicos no âmbito do estudo da cultura e do estudo da cultura e comunicação, bem como os desenvolvimentos mais recentes na área. Isto permite uma imersão profunda no atual contexto da área e nas problemáticas mais originais e em discussão. É dada especial atenção aos quadros analíticos (e de pesquisa) disponíveis, considerando vários cruzamentos disciplinares ao nível das abordagens conceptuais-metodológicas.  No final do seminário, o aluno submete por escrito uma esquematização que resulta do seu estudo e investigação e deve prestar provas orais que comprovem o domínio das teorias e das abordagens numa articulação entre escolas e autores e perante as exigências de um mundo culturalmente constituído em grande mudança.  [São marcadas sessões com os estudantes para a discussão das obras e das temáticas, promovendo um debate crítico, a troca de impressões e uma maior orientação conceptual-metodológica.] 

 

Unidade Curricular:  Leituras Orientadas II

Semestre/Créditos: 2º Semestre, 12 ECTS.

A UC de Leituras Orientadas II promove uma imersão nos contextos conceptuais e metodológicos dos projetos de investigação em curso que estão associados ao Programa e aos Centros de Investigação ligados ao curso, bem como nos diferentes trabalhos de investigação dos docentes. Esta unidade curricular possui um papel importante na articulação entre a construção de um quadro teórico e analítico a ser abordado na investigação e no desenvolvimento da tese de cada candidato com as várias atividades dos projetos e trabalhos de investigação. Este contacto  permite ao estudante o desenvolvimento de competências a nível da prática científica, da escrita académica, do trabalho de campo, da análise de dados, do desenvolvimento de propostas para financiamento, do contacto com entidades de foro cultural/criativo/empresarial/artístico, do apoio a atividades de formação avançada, da comunicação de ciências, entre outros. Competências importantes no âmbito de um sólido desempenho científico. É dada especial atenção nesta fase à questão da teoria e dos conceitos e das suas potenciais articulações na construção de um quadro conceptual específico e individual para o desenvolvimento do projeto de investigação/tese. No final do seminário, o estudante deve submeter uma versão preliminar do seu quadro conceptual no âmbito de um estado da arte e de potenciais propostas de inovação científica, podendo ter lugar, se os docentes considerarem pertinente, uma prova de apresentação e discussão do trabalho. [São marcadas sessões com os estudantes para o acolhimento e imersão nos projetos e trabalhos de investigação, bem como para a discussão dos quadros conceptuais a abordar nos trabalhos e as melhores práticas de escrita científica que se exige a um candidato de doutoramento.]

Unidade Curricular: Projeto de Investigação em Cultura e Comunicação

Semestre/Créditos: 2º Semestre, 12 ECTS.

Esta unidade curricular tem lugar no segundo semestre do primeiro ano, após uma imersão profunda no estado da arte das áreas associadas ao curso, com vista a permitir o desenvolvimento de um de dois percursos. i) O estudante, com o apoio do orientador, participa ativamente num dos projetos dos centros de investigação diretamente associado à temática do projeto de tese do candidato. O objetivo consiste em apoiar o estudante no desenho metodológico e nas práticas de investigação que pautam a sua investigação individual. ii) o estudante, com o apoio do orientador, desenvolve uma pesquisa de fundo no âmbito do potencial terreno metodológico capaz de responder ao problema da sua investigação individual, de forma a criar o seu quadro processual para a investigação. Em ambos os casos – i e ii – o estudante deve apresentar um breve relatório da pesquisa e dos trabalhos, seguido de um primeiro desenho metodológico a explicar no projeto de tese. Este seminário funciona em regime tutorial, sublinhando-se uma forte componente de trabalho autónomo.