[O processo de candidaturas está aberto em permanência. Saiba mais em CANDIDATURAS] [Resultados das Candidaturas para ingresso em Janeiro de 2020]

Curso de  Doutoramento em Estudos de Cultura.  Este curso de Doutoramento pretende explorar as várias relações dos signos no âmbito de sistemas de comunicação humanos, incluídos em dinâmicas e contextos culturais complexos, o que permite aos estudantes desenvolver perspetivas críticas sobre múltiplos fenómenos sociais. 

Profª. Doutora Adelaide Meira Serras

Prof. Doutor Nelson Pinheiro

informações: nelsonpinheiro@campus.ul.pt 

Grau Académico: Doutor

Duração: 3 anos letivos (6 semestres). O primeiro ano letivo é escolar com unidades curriculares de contacto presencial.

Créditos: 180 ECTS

Investimento: 2750 euros para o primeiro ano letivo; 1500 euros para o segundo e restantes anos letivos.

Horário: Tendo em conta as diversas componentes tutoriais e de seminário, as atividades do curso poderão ter lugar tanto em horário laboral, como pós-laboral.

Calendário: O curso tem início, por norma, em  Setembro, até Junho. Os interessados podem candidatar-se para ingresso no curso no final de Janeiro.

Candidaturas

A candidatura tem lugar online. O processo de candidaturas está aberto em permanência com duas fases específicas de ingresso. Veja todas as instruções e dados nesta ligação.

» Resultados das Candidaturas para ingresso em Janeiro de 2020.

 

INVESTIMENTO (2018-19):

2750€ – 1.º ano curricular;

1500€ – 2.º ano curricular e seguintes.

Candidatos Internacionais: confirmar o valor de propina no Website da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Horários Provisórios 2019-2020. [EM ATUALIZAÇÃO]

Tópicos em Estudos de Cultura I – 1º Semestre / Quarta-feira (17h às 21h).

Tópicos em Estudos de Cultura II – 1º semestre / 1º Módulo – Terça-feira (18h às 22h); 2º Módulo – segunda-feira (16h às 20h).

Leituras Orientadas I e II; Inserção em Projeto de Investigação I e II  – horário a combinar com os docentes.

Temas de Teses em Curso no ano letivo 2019-20

Análise Cultural de Discursos Mediáticos; Indústrias e Culturas Criativas em Lisboa; Análise Multimodal Fílmica; Economia da Cultura; Tendências Socioculturais e Branding; Semiótica da Street Art; Discursos Imagéticos Políticos; Cultura e a Vida Contemplativa; Semiótica da Comensalidade; Tendências Socioculturais e Tecnologia; Cultura e Regime Totalitários.

Objetivos:

O Curso de Doutoramento em Estudos de Cultura pretende, por um lado, através de uma sólida investigação teórica, dotar o estudante de dispositivos de compreensão sistemática e de métodos de investigação no domínio amplo do que, em termos internacionais, se designa por ciências da cultura e estudos culturais. Por outro lado, o Doutoramento pretende contribuir para a adequação destes estudos a uma realidade sociocultural em constante mudança, estabelecendo um amplo diálogo transdisciplinar entre as áreas tradicionais das ciências sociais e das humanidades e estimulando, ao mesmo tempo, o conhecimento e estudo de novas áreas. Particularmente relevantes são os cruzamentos científicos entre comunicação, filosofia, sociologia cultural, ciências da linguagem, história, gestão cultural, estudos dos média, indústrias criativas, políticas culturais. O curso cobre, assim, uma área com interesse social e cultural diversificada, apresentando também uma pluralidade de perspetivas metodológicas e científicas.

Finalmente, o Curso de Doutoramento em Estudos de Cultura visa compreender tendências contemporâneas e clássicas de existência social, tendo em vista desenvolver competências profissionais no âmbito dos múltiplos discursos que se cruzam no mundo.

Linhas de Investigação Temáticas

O projeto de investigação doutoral com que o aluno se candidata ao curso de doutoramento deve incidir numa das seguintes linhas temáticas, ou numa articulação entre duas, de forma a assegurar um trabalho imersivo na investigação em desenvolvimento pelos docentes e pelo Programa:

Cidades e Cultura Visual

Comunicação e Discursos

Discurso e Literacia: matrizes, práticas, tendências

Gestão de Tendências e da Cultura (candidaturas encerradas)

Matrizes e Teorias da Cultura

Não obstante as presentes linhas, a comissão científica do curso está aberta a receber e a apreciar propostas inovadoras sobre a abertura de novos campos disciplinares ou sobre a problematização de temáticas que se revistam de grande interesse científico e societal.

O candidato interessado deve entrar em contato com a direção do Doutoramento em Estudos de Cultura antes de submeter a sua candidatura.

Plano de Estudos

Unidade Curricular / Curricular UnitÁrea Científica / Scientific AreaDuração / DurationHoras de Trabalho / Work hoursHoras de contacto / Contact hoursECTSObservações / Observations
Tópicos em Estudos de Cultura I: Teorias da Cultura / Topics in Culture Studies I: Culture TheoriesHUM1º Ano (1º Semestre) / 1st Year (1st Semester).336S 45;
OT 15
12Obrigatória / Mandatory //
Adelaide Meiras Serras
Tópicos em Estudos de Cultura II: Artes e Cultura / Topics em Culture Studies II: Arts and Culture. HUM1º Ano (1º Semestre) / 1st Year (1st Semester).336 S 45;
OT 15
12 Obrigatória / Mandatory //
Fernanda Gil costa
Opção Livre / OptionHUM1º Ano (1º ou 2º Semestre) / 1st Year (1st or 2nd Semester).336 S 45;
OT 15
12 Opção Livre / Option
Leituras Orientadas I e II / Guided Readings I and IIHUM1º Ano (1º e 2º Semestres) / 1st Year (1st and 2nd Semesters).336 OT 60 12+12Créditos a obter no 1º e 2º semestres / Credits to be obtained in the 1st and 2nd semesters.
Nelson Pinheiro Gomes e Adelaide Meira Serras (com os respetivos orientadores de cada doutorando).
(Defesa do) Projeto de Tese / Thesis Project (defense)HUM2º Ano / 2nd Year420 OT 15153º semestre / 3rd semester
Seminário de Orientação / Supervision SeminarHUM2º Ano / 2nd Year420OT 15154º semestre / 4th semester
Tese / ThesisHUM2º e 3º Ano / 2nd and 3rd Years2520 OT 30 903º, 4º, 5º e 6º semestres / 3rd, 4th, 5th, 6th semesters.

Programas

Unidade Curricular: Tópicos em Estudos de Cultura I

Temática 2020-21: Teorias da Cultura

Docentes: Adelaide Meira Serras

Semestre/Créditos: 1º Semestre, 12 ECTS. 

Os seminários de Tópicos em Estudos de Cultura introduzem temas e métodos avançados, emergentes e inovadores no âmbito da análise cultural e do estudo das várias dinâmicas e processos que impactam o terreno sociocultural. Estes seminários presenciais permitem a discussão de conceitos, ideias, métodos e teorias e o consequente domínio avançado do quadro conceptual-metodológico necessário para o desenvolvimento da investigação. 

 

Programa 2019-20: 

1. Comunicação e cultura 1.1. a língua na semiótica social 1.2. oralidade e escrita enquanto sistemas semióticos distintos 1.3. semiótica social e multimodalidade 1.4. a variação funcional dos textos como reflexo de necessidades culturais e sociais 1.5. as duas culturas: ciências e humanidades 2. Comunidades de práticas e identidade 2.1. práticas de literacia académica 2.2. comunidade de práticas e habitus 2.3. factores linguístico-discursivos de exclusão social e académica 2.4. conhecimento científico e códigos de legitimação 2.5. códigos de conhecimento e códigos de conhecedores 3. Abordagem exploratória do conceito de cultura 3.1. estudos de cultura – a cultura erudita; estudos culturais – a vertente sociológica 3.2. história das ideias/ história intelectual 3.3. cultura e Ideologia 4. Representações culturais 4.1. cultura e arte. 4.2. culturas, espaços e mobilidade. 4.3. cultura e cidade.

Bibliografia recomendada:

Berlin, Isaiah (1998). The Proper Study of Mankind. An Anthology of Essays. Ed. Henry Hardy & Roger Hausheer. With a foreword by Noel Annan & introduction by Roger Hausheer. London: Pimlico.

Castells, Manuel. (2009). Communication Power. Oxford: University Press. Eagleton, Terry (2000). The Idea of Culture. Oxford: Blackwell.

Hobsbawm, Eric (2013). Fractured Times. Culture and Society in the Twentieth Century. London: Little, Brown.

Maton, K., Hood, S. & Shay, S. (Eds.). (2016). Knowledge-building: Educational Studies in Legitimation Code Theory. London: Routledge

Unidade Curricular: Tópicos em Estudos de Cultura II

Temática 2020-21: A indicar 

Docente: A indicar

Semestre/Créditos: 1º Semestre, 12 ECTS. 

Os seminários de Tópicos em Estudos de Cultura introduzem temas e métodos avançados, emergentes e inovadores no âmbito da análise cultural e do estudo das várias dinâmicas e processos que impactam o terreno sociocultural. Estes seminários presenciais permitem a discussão de conceitos, ideias, métodos e teorias e o consequente domínio avançado do quadro conceptual-metodológico necessário para o desenvolvimento da investigação. 

Programa 2020-21: 

A indicar

Unidade Curricular: Leituras Orientadas I

Semestre/Créditos: 1º Semestre, 12 ECTS.

A UC de Leituras Orientadas I apoia o estudante na exigente e profunda revisão literária dos autores canónicos no âmbito do estudo da cultura e do estudo da cultura e comunicação, bem como os desenvolvimentos mais recentes na área. Isto permite uma imersão profunda no atual contexto da área e nas problemáticas mais originais e em discussão. É dada especial atenção aos quadros analíticos (e de pesquisa) disponíveis, considerando vários cruzamentos disciplinares ao nível das abordagens conceptuais-metodológicas.  No final do seminário, o aluno submete por escrito uma esquematização que resulta do seu estudo e investigação e deve prestar provas orais que comprovem o domínio das teorias e das abordagens numa articulação entre escolas e autores e perante as exigências de um mundo culturalmente constituído em grande mudança.  [São marcadas sessões com os estudantes para a discussão das obras e das temáticas, promovendo um debate crítico, a troca de impressões e uma maior orientação conceptual-metodológica.] 

 

Unidade Curricular:  Leituras Orientadas II

Semestre/Créditos: 2º Semestre, 12 ECTS.

A UC de Leituras Orientadas II promove uma imersão nos contextos conceptuais e metodológicos dos projetos de investigação em curso que estão associados ao Programa e aos Centros de Investigação ligados ao curso, bem como nos diferentes trabalhos de investigação dos docentes. Esta unidade curricular possui um papel importante na articulação entre a construção de um quadro teórico e analítico a ser abordado na investigação e no desenvolvimento da tese de cada candidato com as várias atividades dos projetos e trabalhos de investigação. Este contacto  permite ao estudante o desenvolvimento de competências a nível da prática científica, da escrita académica, do trabalho de campo, da análise de dados, do desenvolvimento de propostas para financiamento, do contacto com entidades de foro cultural/criativo/empresarial/artístico, do apoio a atividades de formação avançada, da comunicação de ciências, entre outros. Competências importantes no âmbito de um sólido desempenho científico. É dada especial atenção nesta fase à questão da teoria e dos conceitos e das suas potenciais articulações na construção de um quadro conceptual específico e individual para o desenvolvimento do projeto de investigação/tese. No final do seminário, o estudante deve submeter uma versão preliminar do seu quadro conceptual no âmbito de um estado da arte e de potenciais propostas de inovação científica, podendo ter lugar, se os docentes considerarem pertinente, uma prova de apresentação e discussão do trabalho. [São marcadas sessões com os estudantes para o acolhimento e imersão nos projetos e trabalhos de investigação, bem como para a discussão dos quadros conceptuais a abordar nos trabalhos e as melhores práticas de escrita científica que se exige a um candidato de doutoramento.]

Unidade Curricular: Projeto de Investigação em Cultura e Comunicação

Semestre/Créditos: 2º Semestre, 12 ECTS.

Esta unidade curricular tem lugar no segundo semestre do primeiro ano, após uma imersão profunda no estado da arte das áreas associadas ao curso, com vista a permitir o desenvolvimento de um de dois percursos. i) O estudante, com o apoio do orientador, participa ativamente num dos projetos dos centros de investigação diretamente associado à temática do projeto de tese do candidato. O objetivo consiste em apoiar o estudante no desenho metodológico e nas práticas de investigação que pautam a sua investigação individual. ii) o estudante, com o apoio do orientador, desenvolve uma pesquisa de fundo no âmbito do potencial terreno metodológico capaz de responder ao problema da sua investigação individual, de forma a criar o seu quadro processual para a investigação. Em ambos os casos – i e ii – o estudante deve apresentar um breve relatório da pesquisa e dos trabalhos, seguido de um primeiro desenho metodológico a explicar no projeto de tese. Este seminário funciona em regime tutorial, sublinhando-se uma forte componente de trabalho autónomo.