CURSO ENCERRADO EM MAIO DE 2018.  

Os conteúdos da Pós-graduação foram transferidos para o Mestrado em Cultura e Comunicação

A Pós-Graduação de Especialização em Comunicação e Tendências * possui um carácter inovador na área dos Estudos de Tendências. A par da metodologia do Coolhunting, promove uma nova visão sobre o consumidor e os seus padrões de comportamento, no âmbito de determinados contextos culturais, com vista ao desenvolvimento de melhores estratégias de inovação em vários campos e com uma pluralidade de aplicações.

No mundo atual, dirigido pelo consumo e pela rápida mutação de ideias e interesses, é importante compreender como surgem as tendências no meio social e o seu impacto na economia. 

 (* inicialmente Pós-Graduação em Comunicação de Tendências)

Profs. Doutores Nelson Pinheiro Gomes e Rodrigo Furtado (até 2018).

Titulação: Pós-Graduação de Especialização em Comunicação e Tendências

Duração: 1 ano letivo (2 semestres)

Créditos: 60 ECTS

Projetos e Áreas de Intervenção:

Com base nas últimas cinco edições do curso, foram extrapoladas e organizadas por número de projetos as principais áreas temáticas nas quais os estudantes desenvolveram os seus trabalhos:

Marketing e Branding; Comunicação Estratégica; Moda; Gestão Cultural; Turismo, Eventos e Gastronomia; Design; Comunicação Social; entre outras.

Exemplos de Projetos:

Juliana Kastrup e Renata Santiago // 5ª edição // Projeto Recreart

Rita Trindade       // 4ª Edição // Projeto Through Objects – Design Trends

Catarina Martins // 2ª Edição // Projeto Mapa do Graffiti na Amadora

Alfredo Orobio    // 2ª Edição // Projeto Away to Mars

 

Origem dos Candidatos:

Com base nas últimas cinco edições do curso, foram extrapolados os seguintes dados de origem dos candidatos:

Áreas de Formação base: Ciências Sociais (≅30%); Ciências Empresariais (≅25%); Humanidades (≅20%); Artes e Design (≅15%); Outras (≅10%).

Origem Geográfica (com base nas últimas duas edições): Brasil (≅50%); Portugal (≅40%); Outras Nacionalidades Europeias (≅10%).

Experiência Profissional (com base nas últimas três edições): + 5 anos (≅35%); + 2 anos (≅30%); Recém-licenciados (≅35%)

 Não irão abrir novas vagas para candidaturas.

Este curso encerrou em Maio de 2018.

Os Estudos de Tendências ultrapassam o foro normal do marketing, da comunicação, da cultura, dos estudos de mercado e de consumo, da moda, da sociologia e da economia. Na verdade, são o culminar interdisciplinar de todas estas áreas com uma orientação para a compreensão da natureza das vontades, dos desejos e dos padrões de comportamento dos indivíduos e dos grupos sociais.

Neste curso vamos estudar as tendências numa perspetiva de largo espetro, com um caráter inovador em Portugal, incidindo sobre vários produtos e áreas como a publicidade, o turismo, o vestuário e a imagem, o cinema, a música, o desporto e a televisão, entre outros padrões quotidianos, económicos e políticos. O objetivo deste curso consiste em dotar os formandos das ferramentas necessárias para poderem identificar uma tendência, compreender o seu nascimento e prescritor(es), os agentes, o ciclo de vida, o palco e o seu público, bem como a forma de a comunicar e interpretar. Isto em paralelo com o desenvolvimento de competências de análise e de desenvolvimento de estratégias e de peças de comunicação, em articulação com as pistas proporcionadas pelo estudo de tendências. 

Pretende-se também utilizar os vários insigths fornecidos pelas Humanidades e pelas Ciências Sociais e aplicá-los, na prática, na conceção de estratégias e projetos de foro empresarial, cultural ou artístico. O curso visa potenciar uma ponte entre o forte quadro teórico que a Faculdade proporciona e a sua aplicação prática. Neste sentido, esta formação recebe alunos das mais distintas áreas com vários interesses e ideias sobre os percursos que ambicionam seguir, desenvolvendo projetos num dos ramos dos Estudos de Tendências. Como tal, esta Pós-graduação de Especialização garante um acompanhamento constante e tutorial a cada aluno.

Plano de Estudos

O plano de estudos foi construído de modo a permitir o desenvolvimento de competências críticas e de análise, bem como de práticas profissionais. As unidades curriculares dividem-se em seminários, laboratórios criativos e de simulação empresarial, bem como cadeiras de projeto.

1 Ano Letivo (2 semestres)

.

Orientação Profissional

Este curso forma Chief Culture Officers (CCO) capazes de se articularem com departamentos de comunicação, marketing, inovação e estratégia. Neste sentido, sublinham-se as principais competências gerais a adquirir:

– Criação de estratégias e narrativas de comunicação de marcas;
– Observação e análise estruturadas das manifestações reais e virtuais do quotidiano;
– Observação e análise de padrões de comportamento e de mentalidade;
– Capacidade de gerar insights estratégicos e inovação incremental e disruptiva;
– Análise cultural avançada;
– Compreensão avançada da sociologia do consumo e/ou da sociologia da moda;
– Conceptualização, desenvolvimento e comunicação de ideias inovadoras;
– Liderança de equipas multidisciplinares;
– Criação de conceitos sólidos e resistentes à mudança.

Estas Competências permitem o desenvolvimento de várias atividades profissionais:

– Departamento de Comunicação/Marketing/Estratégia/Inovação;
– CCO- Chief Culture Officer;
– Trends Marketeer e 
Coolhunter Profissional;
– Analista de Tendências e Gestor Cultural;
– Gestor de Inovação e Forecaster em Comportamento de Consumo, ou em Moda.